24/08/2018

Vitória inicia returno da Série A com derrota para o Flamengo


Não teve goleada, vexame, nada disso, mas o Vitória começou o segundo turno do Campeonato Brasileiro com mais uma derrota para a conta. Nesta quinta-feira (23), o time encarou o Flamengo e perdeu por 1x0, no Maracanã. O Leão segue na zona de rebaixamento e chegou ao quinto jogo consecutivo sem vencer.


O técnico Paulo Cézar Carpegiani prometeu mudanças e cumpriu. Antes da bola rolar, o comandante surpreendeu utilizando três meninos da base para armar o time titular: o zagueiro Lucas Ribeiro, o volante Léo Gomes e o atacante Léo Ceará.

A proposta do Vitória era clara: entrar fechadinho em campo, com a defesa reforçada e apostar nas jogadas de contra-ataque para bater o Flamengo. O Leão suou. Foi sufocado pelo adversário durante boa parte do primeiro tempo e desceu para o intervalo sem ter dado um único chute a gol sequer.

Os cariocas assustaram logo no começo, com uma bola de Vitinho no travessão e um chute de Everton Ribeiro que raspou a trave. Depois, contou com duas importantes defesas de Ronaldo, que espalmou uma bomba de Dourado e outra de Vitinho, da entrada da área. Sem conseguir liberdade para criar, restou ao Vitória se defender.

O time de Carpé ainda perdeu Arouca no primeiro tempo, com dor numa coxa, e promoveu o retorno de Willian Farias, que não jogava há três rodadas.

Estava tudo sob controle até que a defesa rubro-negra comeu mosca. Vitinho recebeu pela esquerda e cruzou a bola na área para Paquetá. O meia tentou de cabeça, mas viu Ronaldo espalmar. Na sobra, dentro da pequena área, Diego não desperdiçou e abriu o placar no Maracanã.

No intervalo, mais uma mudança forçada. Aderllan sentiu a coxa e foi substituído por Ruan Renato.

A segunda etapa foi um pouco melhor para o Vitória. Embora não tenha conseguido o gol de empate, o Leão se mostrou mais organizado e começou a agredir um pouco mais. Prova disso foi a última mexida de Carpé, quando tirou o volante Rodrigo Andrade para apostar na entrada do atacante Lucas Fernandes. No entanto, a equipe seguiu com imensa dificuldade de furar a zaga carioca e continuou sem chutar nenhuma bola na direção do gol.

Ao se tornar mais ofensivo, o Vitória deu mais brecha aos flamenguistas, que por muito pouco não chegaram ao segundo gol com Paquetá, que assustou Ronaldo com uma bola rente à trave.

Nos momentos finais, o jogo ficou amarrado, truncado. O Flamengo administrou o tempo para manter o resultado, enquanto o Vitória seguiu ineficiente nas criações de jogadas ofensivas. Conseguiu apenas um único chute com Lucas Fernandes, defendido pelo goleiro Diego Alves.

Na próxima rodada, o Leão terá o Atlético Mineiro como adversário. A partida, válida pela 21ª rodada, será domingo, às 16h, no Barradão.