23/07/2018

Vice-presidente do Sport faz críticas contra a copa do Nordeste


Alvo de críticas de vários presidentes, o novo formato da Copa do Nordeste voltou a ser criticado, agora pelo vice-presidente do Sport Recife, Guilherme Beltrão, que polemizou ao dizer que é preciso “acabar com Uniclinics e Globos”. Ele defende a participação apenas de grandes clubes no torneio e um formato tiro curto com pontos corridos, semifinal e final.

“Temos que acabar com Uniclinics, com Globos, sem falta de respeito. Mas não tem sentido. Temos de fazer a Liga do Nordeste por ranking. Em 2001, os clubes estavam falidos, Santa Cruz, Náutico, Fortaleza e Ceará, por aí. Outros clubes ressurgiram. Temos de fazer esse movimento que as federações não deixam. Uma das brigas que eu acho correta é esse Campeonato do Nordeste ser feito por uma liga com os grandes clubes. Eu até defendo uma competição de pontos corridos, com semifinal e final depois”, afirmou.
Na temporada 2019, a Copa do Nordeste terá 16 clubes divididos em dois grupos de oito integrantes cada. Os times de uma chave enfrentarão os da outra. Ao final de oito rodadas, os quatro melhores classificados de cada grupo garantem classificação para as quartas de final. Vice-campeão em 2017 perdendo na final para o Bahia, o Sport-PE abandonou o torneio por não concordar com o formato e premiações. Esse ano, o título foi conquistado pelo Sampaio Corrêa em cima do Bahia. Por Felipe Costa, futebolbahiano.com.