17/06/2018

Brasil cede empate para a Suíça e frustra expectativas na estreia da Copa do Mundo



Não foi a estreia dos sonhos do Brasil na Copa do Mundo de 2018.
Neste domingo, na Arena Rostov, a seleção teve um primeiro tempo impecável, abriu o placar com um golaço de Philippe Coutinho, mas voltou "dormindo" para a etapa final e cedeu o empate por 1 a 1, frustrando as expectativas criadas sobre ela.

A equipe de Tite começou muito bem e logo começou a criar com consistência. Com a marcação alta, rondou a área suíça até o meia do Barcelona fazer um gol com sua assinatura, pegando a bola pela esquerda, ajeitando para o meio e colocando uma curva para tirar completamente de Sommer.
Mais tarde, ele seria eleito o melhor jogador da partida.
A partir daí, diminuiu o ritmo, apostou em contra-ataques, mas a Suíça não conseguia atacar,
O segundo tempo, no entanto, foi completamente diferente.
O Brasil voltou sonolento, e a Suíça não perdeu tempo: aos 5 minutos, em cobrança de escanteio pela esquerda, Zuber subiu livre dentro da pequena área para empatar o duelo.
E os europeus gostaram do jogo, querendo atacar pelos lados, principalmente 
Apenas na metade do segundo tempo o Brasil retomou o controle das ações e começou a criar mais oportunidades. Gabriel Jesus perdeu uma, Roberto Firmino (seu substituto) duas, Miranda chutou errado já nos acréscimos e a defesa tirou uma bola de Renato Augusto em cima da linha.
Assim, o Brasil perdeu uma incrível sequência de nove vitórias consecutivas em estreias de Copas do Mundo, a maior da história - além disso, não perdeu um jogo inaugural desde 1934.
Agora, a seleção tenta se recuperar diante da Costa Rica, na próxima sexta-feira, em São Petersburgo. A Suíça pega a Sérvia, que ganhou por 1 a 0 e lidera o grupo F, em Kaliningrado.
FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 1 SUÍÇA
Data: 17 de junho de 2017, domingo
Horário: 21h de Rostov, 15h de Brasília
Local: Arena Rostov, na Rússia
Árbitro: César Ramos (MEX)
Auxiliares: Marvin Torrentera e Miguel Hernández (ambos MEX)
Cartões amarelos: Casemiro (BRA); Lichtsteiner, Schaar, Behrami (SUI)
Gols: Brasil - Philippe Coutinho, aos 20 minutos do primeiro tempo; Suíça - Zuber, aos 5 minutos do segundo tempo
Brasil: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro (Fernandinho), Philippe Coutinho e Paulinho (Renato Augusto); Willian, Neymar e Gabriel Jesus (Roberto Firmino). Técnico: Tite.
Suíça: Sommer; Lichtsteiner (Lang), Schaar, Akanji e Rodriguez; Xhaka, Behrami (Zakaria), Shaqiri, Dzemaili e Zuber; Seferovic (Embolo). Técnico: Vladimir Petkovic.