25/02/2018

Vitoria vence o Jequié, e retoma o topo da tabela do Campeonato Baiano

(Fotos: André Hiltner / EC Vitória)

O Leão mostrou apetite de líder. Jogando um futebol bonito de ver, o Vitória não teve dificuldade para golear o Jequié, 


por 5 a 1, neste domingo (25), no estádio Waldomiro Borges, no interior baiano. Com o resultado, o Rubro-Negro retoma a liderança da competição, também beneficiado pelo tropeço da Juazeirense, diante do Fluminense de Feira.
O primeiro tempo foi ataque contra defesa. Com um sistema ofensivo entrosado, o Leão não parava de criar boas chances. Aos 20 minutos, após um passe perfeito de Neíton, Denílson finalmente abriu o caminho da goleada. O Vitória continuou dominando, mas o segundo gol só saiu aos 32, com Neílton, de pênalti. Aos 45, em cobrança perfeita de falta, Guilherme ampliou, mas acabou sentindo a coxa e precisou ser substituído no intervalo.
Na segunda etapa, nada de queda de rendimento. O Rubro-Negro permaneceu com contra-ataques cirúrgicos. Aos 24 minutos da etapa final, Botelho cruzou na área e Neílton marcou mais um, desta vez de coxa. O Jequié chegou a diminuir, mas André Lima ampliou no finalzinho, com assistência de Yago.
Com a retomada da liderança, o elenco do técnico Vagner Mancini dá um tempo no Baianão. O próximo desafio será pela Copa do Brasil, contra o Bragantino, na quarta-feira (28), no estádio Nabi Abi Chedid, às 19h30. O elenco se reapresenta na tarde desta segunda-feira (26).

FICHA TÉCNICA
Jequié 1×5 Vitória (Campeonato Baiano – 7ª rodada)
Local: Estádio Waldomiro Borges, em Jequié
Data: 25/02/2018
Árbitro: Diego Pombo Lopez, auxiliado por Alessandro Álvaro de Rocha Matos e Marcos Welb Rocha de Amorim
Cartão amarelo: Diego Teles, Xandy, Filipe Sertânia (Jequié)
Gol: Denilson, Neilton (2), Guilherme Costa e André Lima (Vitória); Fabiano Tanque (Jequié)
Jequié: Gustavo; Getúlio (Filipe Sertânia), Correia, Weslley Rodrigues e Xandy (Flávio); Bremer; Luis Henrique, Tity e Diego Teles; Juninho Bahia (Fabiano Tanque) e Marcelo Pano. Técnico: Carlos Rabello.
Vitória:  Fernando Miguel; Lucas Marques, Kanu, Bruno Bispo e Bryan; Ramon (Rodrigo Andrade), Uillian Correia, Guilherme Costa (Pedro Botelho), e Yago; Neilton (André Lima) e Denilson. Técnico: Vagner Mancini.